07/08/2020



Na Capital, aldeia urbana Marçal de Souza recebe ação para cadastro na Tarifa Social

Famílias que se enquadram no programa do Governo Federal podem ter desconto na conta de energia

Por Redação - 13/fevereiro/2020 - 10:00 | 0 comentários
Capital


A partir das 8 horas do próximo sábado (15), uma equipe da Energisa vai levar aos moradores da aldeia urbana Marçal de Souza diversos serviços, entre eles, negociação de débitos com condições especiais e cadastro na Tarifa Social de Energisa Elétrica (TSEE). No local, 157 famílias que vivem na comunidade indígena, localizada no bairro Tiradentes, vão receber também orientações para a atualização do Número de Identificação Social (NIS), documento necessário para participação de programas do Governo Federal.

O atendimento vai acontecer no Memorial da Cultura Indígena OCA, localizado na Rua Terena e será realizado por funcionários da empresa, que estarão a postos das 8h às 12h. Neste período, será possível negociar débitos com condições especiais, com entrada reduzida e o parcelamento em até 24 vezes sem juros, além de tirar dúvidas acerca da isenção da tarifa para os primeiros 50 kWh consumidos, e desconto o desconto na conta dependendo da faixa de consumo.

“Para aderir ao programa federal, os interessados devem levar uma conta de energia com o número da unidade consumidora, junto com RG ou o RANI (Registro Administrativo de Nascimento de Indígena), CPF e o comprovante do Cadastro Único, caso seja beneficiário do Benefício de Prestação Continuada (BPC)”, explica o gerente Comercial da Energisa, Helier Fioravante. Segundo ele, as 157 famílias já se enquadram entre os pré-requisitos necessários para ingressar na Tarifa Social e são esperadas pela força de trabalho destacada para os atendimentos.

“Essa ação significa muito para nós. É um direito que a Energisa e o Conselho de Consumidores de Energia Elétrica estão garantindo para a nossa comunidade. É um desconto significativo que faz a diferença para as famílias da aldeia. Já comunicamos as lideranças e esperamos que todas as famílias venham cadastrar nesse benefício e aproveitar para negociar os débitos”, ressaltou o Cacique Josias Ramires.


Deixe um Comentário




Veja também