08/08/2020



Toque de recolher às 21h e comércio ampliado em Campo Grande, define prefeito

Marquinhos Trad também disse na sua live diária que usará blitz de trânsito para educar a população

Por Redação - 30/julho/2020 - 15:13 | 0 comentários
Capital


O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, anunciou em sua live diária nas redes sociais que o comércio do Centro poderá reabrir aos sábados, com horário ampliado até 19 horas.

Além disso, o toque de recolher entre 1º e 16 de agosto será das 21h às 5h. O prefeito flexibilizou as medidas de controle da pandemia mas vai apostar em blitz para reduzir a circulação de pessoas e, consequentemente, o número de acidentes de trânsito.

Atualmente, segundo Marquinhos, 86% dos leitos da cidade estão ocupados, mas apenas metade é para pacientes de Covid-19. A outra metade atende pacientes envolvidos em violência ou acidentes.

“As pessoas intimidadas a não frequentar bares, começaram a se aglomerar em casas, com festas e eventos, e isso não impede o contágio. Nossa preocupação é redução de mobilidade, principalmente carros e motos, pra isso, temos de criar alternativas”, explicou.

Confira as demais mudanças previstas no decreto do executivo municipal:

  • Funcionamento do varejo e comércio do Centro:
  • A partir do dia 1º – De segunda a sexta-feira, das 9h ate as 19h. No sábado das 9h às 16h. Aos domingos permanece fechado. O que mudou – Nos últimos 15 dias, a abertura durante a semana estava autorizada das 9h somente até às 17h. Aos sábados e domingos havia sido determinado fechamento dos serviços não essenciais.
  • Shoppings – De segunda a sexta-feira, com abertura às 11h e fechamento às 20h;
  • Academias de ginástica – De segunda a sexta-feira das 5h às 21h. Sábado das 5h da manha até as 16h. Domingo fechado;
  • Salões de beleza – De segunda a sexta das 5h da manha às 21h. Sábado das 9h da manha às 18h. Domingo fechado;
  • Restaurantes – De segunda a segunda das 5h às 21h;
  • Supermercados – De segunda a segunda das 5h às 21h;
  • Serviços essenciais como farmácias, hospitais, UPAS, postos de combustíveis e delivery – 24h de segunda a segunda

Deixe um Comentário




Veja também