04/04/2020



Higienizar celulares e os brinquedos também vale para prevenir a Covid-19

Ação de limpeza nesses objetos é apenas complemento no combate à doença

Por João Paulo Ferreira - 25/março/2020 - 8:00 | 0 comentários
Cotidiano


A higiene pessoal é uma dos maiores aliadas no combate à contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19). Mas não adianta lavar as mãos com água e sabão (maneira mais indicada pelos especialistas no combate ao vírus), ou higienizá-las com álcool gel e não fazer o mesmo com o aparelho celular e os brinquedos das crianças.

Sim! Nesse momento é preciso prestar atenção a todos os detalhes e higienizar cada canto da casa e os itens que utilizamos durante o dia, especialmente, agora, em que o mundo enfrenta uma pandemia da Covid-19.

Celulares e tablets, por exemplo, estão repletos de vírus e bactérias que podem ficar alojados durante horas ou até dias. Estudos apontam que cerca de 17 mil bactérias passam pelo aparelho. Uma pesquisa feita na Universidade do Arizona mostra que o vaso sanitário tem dez vezes menos germes do que isso.

Para esses aparelhos, a orientação é que sejam higienizados com álcool isopropílico, ideal para a limpeza de aparelhos eletrônicos por conter menos de 1% de água, evitando assim a oxidação.

A mesma atenção devemos ter em relação aos brinquedos, pois, por mais que ensinemos as crianças sobre os cuidados coma higiene, manter seus brinquedos longe desse e de outros vírus é tarefa para os adultos.

O ideal é lavar esses objetos com água e sabão ou desinfetá-los com álcool 70%, usando de preferência, um papel toalha descartável.

Vale lembrar que esses cuidados são apenas complementares na prevenção do novo coronavírus.


Deixe um Comentário




Veja também