26/01/2021



Chamamé é reconhecido como patrimônio imaterial da humanidade

Estilo musical popular no Mato Grosso do Sul recebeu título mundial

Por Redação - 22/dezembro/2020 - 14:27 | 1 comentário
Cultura


O chamamé entrou pra Lista do Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco. Originado na Argentina e muito popular no Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, o chamamé foi incluído durante a 15ª sessão do Comitê Intergovernamental para Salvaguarda do Patrimônio Imaterial da Humanidade.

expressão cultural abrange o ritmo musical, o canto, a dança característica e a festa tradicional, entre outros elementos.

A inclusão foi confirmada em reunião virtual, na última quarta-feira (16).

O músico e deputado estadual Luiz Marenco (PDT-RS) representou o Brasil no comitê. “O chamamé se consagra como um signo legítimo da união cultural dos povos”, afirma.

O SAPUCAY

O sapucay – palavra em guarani que significa som ardente, que manifesta emoções intensas – é um grito prolongado e agudo, característico do chamamé, que pode significar alegria ou raiva, vitória ou rebeldia.



Um Comentário

  1. Brasilina Dagher disse:

    Vergonha, chamamé é Correntino e o tereré Paraguay, nós não criamos copiamos? Ficamos com o Pantanal sulmatogrossense, mas destruímos… Só nos resta a Guaíra dos quintais preservados porquê nossa terra só há eucalipto o serrado jamais voltará a ser como antes. Brasilina Dagher: Profa. de História.


Deixe um Comentário




Veja também