25/02/2020



Professor inova e cria projeto que aborda matemática de uma forma diferente no MS

Projeto Magia ajuda pessoas a superarem os traumas com a matemática

Por João Paulo Ferreira - 04/dezembro/2019 - 15:58 | 0 comentários
Cultura


Em sua primeira aula no curso de Pedagogia da UFMS/CPAQ, em Aquidauana, o professor Fernando Batista fez perguntas à cada pessoa da turma para compreender como era a relação deles com a Matemática. Muitas pessoas até se relacionavam bem, mas houve mais de um momento de choro e relatos tristes. Para se ter uma ideia: uma acadêmica contou que, quando criança, levava reguadas do próprio pai na cabeça todas as vezes que errava a tabuada. Tanta raiva, trauma e ódio levaram à inúmeras dificuldades com essa disciplina, dificuldades essas que precisavam ser contornadas para conduzir as aulas por um caminho mais sereno.

Ele conta que, a partir de uma reunião com a coordenadora do curso, a profª. Dra. Franchys Marizethe Nascimento Santana, onde ela comentou sobre a falta de materiais didáticos de Matemática, surgiu a ideia de permitir que a sala pudesse produzir tais materiais físicos para serem utilizados no ensino da Matemática. Essa foi a semente do projeto.

“Conversando com a sala, dividimos todos em grupos e cada um deles deveria optar por construir um material lúdico para trabalhar um assunto de Matemática no qual sempre teve muita dificuldade”. A ideia era que essa confecção aproximasse os acadêmicos de seus medos, para que pudessem vencê-los de uma vez, pois teriam que apresentar como usar o material e, portanto, estudar meios de abordar esses aterrorizantes temas da Matemática.

O projeto, Magia: Matemática e Pedagogia, foi moldado por meio dessas sugestões entre o professor, coordenação do curso e a turma; “Conforme a ideia se materializava, pensamos em não apenas usar o projeto como uma forma diferente de avaliação dessa turma como também colocar o que foi produzido na internet, com o objetivo de apresentar o que foi feito à outras turmas de Pedagogia, bem como para professoras do ensino fundamental, no intuito de mostrar caminhos lúdicos e diferenciados de alcançarmos juntos o objetivo primeiro, que é a educação dos alunos no ensino básico. O projeto mostrou-se eficiente no sentido de acadêmicos vencendo seus traumas e dificuldades com a disciplina e o passo-a-passo da produção, com a lista de materiais utilizados e sua quantidade, bem como videoaulas explicando como usar tais materiais estarão disponíveis no site www.cafematica.com/magia


Deixe um Comentário




Veja também