19/06/2021



Exportação industrial de MS cresce 24% e é recorde para o mês de abril

A receita de US$ 383,5 milhões, indican crescimento de 24% em relação ao mesmo mês de 2020, quando o valor ficou em US$ 308,8 milhões

Por Viviane Freitas - 15/maio/2021 - 13:39 | 0 comentários
Economia



Conforme um levantamento realizado pelo Radar Industrial da FIEMS (Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul), as exportações de produtos industrializados no Estado  alcançaram o melhor resultado já registrado no mês de abril, com receita de US$ 383,5 milhões, indicando crescimento de 24% em relação ao mesmo mês de 2020, quando o valor ficou em US$ 308,8 milhões.

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da FIEMS, Ezequiel Resende, quanto ao volume exportado, na comparação mensal, houve elevação de 27%. “Já no acumulado de janeiro a abril de 2021, a receita total alcançou US$ 1,195 bilhão, indicando elevação de 2% em relação ao mesmo período de 2020, quando o valor ficou em US$ 1,175 bilhão”.

Essa é a maior receita já alcançada com a exportação de produtos industriais nos quatro primeiros meses do ano. “Em relação ao volume, no acumulado de 2021, houve aumento de 8%. Quanto à participação relativa, no mês, a indústria respondeu por 52% de toda a receita de exportação de Mato Grosso do Sul. Já no acumulado do ano, a participação está em 61%”, completou Ezequiel Resende.

Ainda conforme o economista da FIEMS, os grupos “Celulose e papel” e “Complexo frigorífico” respondem por quase 70% da receita das exportações do setor industrial no período de janeiro a abril, sendo 40% para o primeiro grupo e 29% para o segundo. Logo em seguida, estão os grupos “Óleos vegetais e demais produtos de sua extração”, com 13% de participação na receita das exportações industriais, “Extrativo Mineral – Minerais metálicos”, com 7%, “Açúcar e Etanol”, com 4%, e “Couros e peles”, com 2%.


Deixe um Comentário




Veja também