16/05/2021



Águas cristalinas de Bonito estão ameaçadas: Prefeito revoga decreto que protegia margens do Rio Formoso

Decisão de 2018 protegia rio de agressões como a remoção de vegetação e drenos

Por Redação - 12/abril/2021 - 14:20 | 0 comentários
Interior


O prefeito de Bonito, Josmail Rodrigues (PSB), revogou o decreto que protegia as margens do Rio Formoso na cidade. Um dos cartões-postais do município, estado e país. A decisão foi publicada no Diário Oficial da cidade no último dia 8.

De acordo com o texto, o Decreto 38, de 7 de março de 2018, que havia declarado como área de interesse social as margens direita e esquerda do Rio Formoso, da nascente a sua foz no Rio Miranda, foi revogado

Há três anos, o dispositivo passou a proteger as margens do rio, proibindo a retirada de água em escala, inclusive para abastecimento urbano, além de impedir a formação de lagoas artificiais, seja em área urbana ou zona rural.

A medida foi tomada em 2018 para resguardar o banhado do Formoso, que sofria agressões como a remoção de vegetação e drenos. O documento destacava a importância econômica das águas cristalinas, que além de lindas, são fundamentais para o turismo.

A descoberta do novo decreto, ainda na quinta-feira, levou à mobilização da sociedade e à promessa do prefeito de que vai revogá-lo. Mas a situação acendeu o alerta de que a proteção do rio por decreto é frágil e articulação agora é para que o tema vire lei.

 

 


Deixe um Comentário




Veja também