16/05/2021



Mulher é resgatada após seis meses vivendo em situação de escravidão em Água Clara

Além de não receber pelos serviços prestados, a vítima era agredida fisicamente e verbalmente pelo suspeito

Por Redação - 04/maio/2021 - 18:50 | 0 comentários
Interior


Foto Divulgação

Em situação de escravidão, uma mulher 56 anos  mantida sobre ameaças de seu patrão foi resgatada pela Polícia Civil nesta terça-feira (04). A mulher trabalhava há seis meses sem receber salário e sofria agressões em uma propriedade rural em Água Clara, a 193 quilômetros de Campo Grande

De forma anônima, a vítima relatou aos policiais que o proprietário da chácara, era extremamente agressivo, e diariamente disparava xingamentos contra ela. Além disso, afirma que o patrão chegou utilizar um  porrete para quebrar o vidro de uma caminhonete, golpeando a vítima no antebraço.

Apresentando fotos de sua declaração, a vítima contou que tinha medo de sair do local pois  tinha muito medo do agressor persegui-la pela cidade cidade. Em depoimento a vítima declara, “vi o demônio em minha frente”.

Neste momento a senhora se encontra em m local seguro e afastado do suspeito que será investigado pelo crime de redução à condição análoga à de escravo (149 do Código Penal), com pena de 2 a 8 anos, e ainda lesão corporal grave (129, §1º do CP), com pena de 1 a 5 anos.

 


Deixe um Comentário




Veja também