02/12/2020



Casal com filho de 6 anos é pego com R$ 600 mil em drogas escondidas em carro

32 quilos de cocaína foram apreendidos; Droga seria levada para Campo Grande e depois São Paulo.

Por Redação - 22/outubro/2020 - 8:47 | 0 comentários
Interior


Foto: Willian Leite

Um casal, de 31 e 37 anos, foi preso em flagrante com 32 kg de pasta base de cocaína escondidos em compartimento do carro na última terça-feira (20). Eles estavam com o filho de 6 anos, e foram pegos na BR-060, chegando em Campo Grande.

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), 46 tabletes da droga foram apreendidos, que equivale a R$ 600 mil.

O casal mora em Ponta Porã e possui um mercado utilizado para a lavagem de dinheiro. A mulher, de 31 anos, é farmacêutica, e cursa medicina em Pedro Juan Caballero. Eles traziam a droga da fronteira para Campo Grande e o destino final seria São Paulo.

A PRF fez a apreensão da droga por meio de investigações da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), que estava a par da distribuição da droga para São Paulo e Goiás.

Segundo a PRF, a droga estava escondida em compartimento secreto no painel e foi necessário equipe especializada para retirada.

O delegado Hoffmam D’Avila, da Denar, disse que o casal alegou que estava a caminho da casa de parentes na Capital. Eles faziam a mesma rota de tráfico há meses e, após denúncias, equipes passaram a monitorar o casal.

O agente da PRF, Maurício Pepino, disse que o casal já havia sido abordado sem êxito em outras ocasiões.

“Recebemos a informação da Denar de transporte de droga da fronteira para a Capital, e daqui para outros estados. Esse casal já havia sido abordado em outras ocasiões, mas não tivemos êxito. Porém, ontem desconfiamos do nervosismo da mulher e chamamos equipe especial que identificou a droga escondida em compartimento secreto embaixo do painel”.

Eles foram presos por tráfico de drogas e, após audiência de custódia, encaminhados ao Presídio, por determinação de prisão preventiva. O menino foi entregue ao avô paterno após a prisão dos pais.


Deixe um Comentário




Veja também