04/04/2020



Polícia prende e autua comerciante com pescado e redes de pesca e apreende barco, motor e redes

Homem voltava da pescaria ilegal no momento em que foi abortado pelos policiais

Por João Paulo Ferreira - 24/março/2020 - 10:30 | 0 comentários
Interior


Algumas pessoas estão aproveitando o período orientado para quarentena para praticar pesca e alguns de forma ilegal. Em uma operação iniciada na última sexta-feira (20) e concluída nesta segunda-feira (23), Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado prenderam um pescador transportando pescado e redes de pesca (petrechos proibidos), quando voltava de uma pescaria ilegal no rio Paranaíba, ou Santana.

O infrator foi abordado na rodovia BR-497, no município de Paranaíba, pouco depois do início da operação, em um veículo que puxava uma carreta com uma embarcação e motor de popa, onde foram encontrados 5 kg de pescado e sete redes de pesca, utilizados em pescaria ilegal, em local que o infrator se recusou a informar. Foram apreendidos: 5 kg de pescado, uma carreta, um motor de popa, com tanque de combustível, um barco e as redes de pesca.

O infrator (42), um comerciante residente em Paranaíba, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil daquela cidade, juntamente com o material apreendido, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória, com pena prevista de um a três anos detenção. O criminoso também foi autuado administrativamente e multado em R$ 800,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas.


Deixe um Comentário




Veja também